Voltando do Chile, e após uma parada para dormir, em Salta, seguimos pela mesma estrada da ida, até chegar a Resistencia, capital da província do Chaco, na Argentina.

De lá seguimos pro norte, em direção a Clorinda, na divisa com o Paraguay. A fronteira é numa ponte sobre o Rio Pilcomayo, afluente do Rio Paraguay, o qual cruzamos logo depois de entrar no território paraguaio.

Todo o processo de migração é uma confusão, e vários "autônomos de fronteira" tentam vender seus serviços de despachante. Parece Ciudad del Este sem muamba...

A coisa começou a mudar quando chegamos em Nossa Senhora Santa Maria da Assunção ou simplesmente Assunción, capital do Paraguay.

O lugar é surpreendente. Para quem forma uma imagem do país pelas cidades caóticas da fronteira com o Brasil, é bom rever seus conceitos.

A cidade tem a colonização espanhola muito presente, com prédios históricos belíssimos. As pessoas são muito amáveis e prestativas. É bem servida de hotéis, restaurantes e tem shoppings gigantescos e requintados (sem contar o preço, que é padrão Paraguay mesmo).

Na chegada, quando procurávamos um hotel, o cidadão da foto abaixo captou nossa placa brasileira e veio oferecer seus serviços, a Moto Ayuda al Amigo Turista. Que tal?

Graças ao amigo motoqueiro, nos hospedamos no belo Hotel Internacional, 4 estrelas confortável e com preço dentro do orçamento (preço de hotelzinho de interior, meia boca, no Brasil).

A partir de lá, fizemos nossa programação para o tour pela capital paraguaia:

Catedral Nuestra Señora de la Asunción, Palácio Del Gobierno, Panteón de Los Héroes, Centro Cultural de la República, Panteon, o Congresso Nacional e Estadio Defensores Del Chaco.

Palácio de Lopez, sede do Governo Paraguaio

Palácio de Lopez, sede do Governo Paraguaio

Monumento à Liberdade Sulamericana

Monumento à Liberdade Sulamericana

Cabildo

Cabildo

Catedral Nossa Senhora de Assunção

Catedral Nossa Senhora de Assunção

Panteón de los Heróes

Panteón de los Heróes

Interior do Panteón

Interior do Panteón

O Estadio Defensores del Chaco, infelizmente ficou fora da programação. Nos dias em que passamos por lá, não tinha jogo e estava tudo fechado para uma pequena reforma. Mas não desistimos de assistir a um jogo do campeonato paraguaio.

Conseguimos ingressos para Cerro Porteño x Sportivo Luqueño, no estádio do Cerro, o General Rojas. Esperávamos um passeio do Cerro, do craque Julio dos Santos, (o famoso Riquelme paraguaio) ex-Grêmio.

Para nossa surpresa, o jogo terminou 2 x 0 fora o baile, para o Luqueño, com a pequena torcida do time visitante fazendo um barulho e uma festa danada... No mínimo, diferente!

Para encerrar o passeio pelo Paraguay, enchemos o porta-malas de compras no Shopping Mariscal Lopez e seguimos rumo ao Brasil, na manhã seguinte. Saímos de Assunção com as sacolas cheias de compras e a mente recheada de belas memórias. Vale muito a pena conhecer o lugar, para deixar de vez de lado o preconceito que muita gente ainda tem com esse país tão acolhedor!

Dificuldades para ultrapassar, dada a velocidade da Tortuga...

Dificuldades para ultrapassar, dada a velocidade da Tortuga...

No caminho, mais uma parada para compras em Ciudad del Este, que ninguém é de ferro...hehehe

Mais uma noite em Foz do Iguaçu, e seguimos o rumo de casa.

Resumo da jornada:

- 15 dias de estrada;

- Cruzamos por Chile, Argentina, Paraguay e um cantinho da Bolivia;

- 4.950 km rodados;

E com isso, chega ao fim mais essa jornada pelo território da América do Sul.

Na próxima, uma parte desse trajeto se repete. Mas dessa vez, seguiremos mais ao norte, atravessando a Bolivia, rumo a Machu Picchu, no Peru.

Sigam com a gente...ainda temos muita história pra contar... :)

3 - Deserto do Atacama

17 de setembro de 2009

Depois da travessia do Paso de Jama, chegamos...ao meio do nada. San Pedro de Atacama, localizada na região de Antofagasta, no norte do Chile é um povoado a 2.400m de altitude e com cerca de 2.000 habitantes. San Pedro é o coração...
Veja mais...

2 - De Salta-ARG a San Pedro-CHI - Paso de Jama

16 de setembro de 2009

Depois das andanças por Salta e arredores, chegou a hora de partir pro Chile. O caminho escolhido foi o Paso de Jama, caminho pavimentado de maior altitude entre os 2 países. No ponto mais alto, chega a 4.839 metros sobre o nível do mar. ...
Veja mais...

1 - De Passo Fundo-RS a Salta-ARG

15 de setembro de 2009

Enquanto a próxima viagem não chega, vamos contando aqui um pouco das nossas andanças passadas. O roteiro sobre o qual vamos escrever dessa vez é mais curto, quase um bate-volta, que fizemos em 2009. Como eu (Tiago) só tinha...
Veja mais...

COPYRIGHT 2021 © Todos os direitos reservados - Desenvolvido por Orange Tecnologia para Internet