COLÔMBIA

Passamos 15 dias rodando (e voando) pela Colômbia no mês de setembro. De lá partimos para ilhas próximas, que formam outros países caribenhos (Aruba e Curação)...mas isso é história pra mais tarde.

Nos próximos dias, faremos posts sobre cada um de nossos destinos nesse roteiro.

Nesse primeiro, procuramos descrever o país de um modo geral pra que vocês tenham uma melhor percepção sobre todas as dicas que virão com os demais posts.

Colômbia é, de fato, um país colorido, vibrante, com casas sempre enfeitadas com muitas flores, com frutas de todo tipo sendo vendidas nas esquinas, com pessoas alegres, simpáticas e muito receptivas.

Não tem como pensar na Colômbia sem lembrar de um doloroso passado ligado a guerrilhas e ao narcotráfico. Um dos protagonistas dessa história foi Pablo Escobar, um dos maiores narcotraficantes da história da Colômbia. Recentemente a série Narcos trouxe à tona esse sangrento e triste passado. Apesar disso tudo, hoje, a Colômbia tem se tornado referência mundial no combate à violência. Você se sente seguro andando pelas ruas de qualquer cidade e o policiamento, sempre presente por qualquer lugar que se ande, colabora muito para isso.

País com muitos artistas de rua, muito grafite, lugar onde nasceu e que serviu de inspiração ao Nobel de Literatura Gabriel Garcia Marques, terra da Shakira, terra do café....enfim...

O país é riquíssimo em história, cultura e belezas naturais, tendo boa parte do seu território banhado pelo mar do Caribe, isso tudo te fará apagar da memória qualquer coisa ruim que já tenha ouvido falar desta terra.

É daqueles países que podem passar despercebidos inicialmente, mas que no momento que você começa a descobrir os seus atrativos, se apaixona prontamente.

Nessa viagem encontramos pessoas muito legais pelo caminho, que só fizeram confirmar a percepção que tivemos desse lugar incrível, umas nos ajudando quando tivemos dificuldades, outras muito prontas para nos mostrar o que não conhecíamos no país, outras figuras que nos fizeram rir...levaremos todas em nossas recordações!

A querida Mirian do Mercado Paloquemao (Bogotá). Nos apresentou e nos deixou provar várias frutas que não conhecíamos. Obrigada pelo carinho Mirian!

A querida Mirian do Mercado Paloquemao (Bogotá). Nos apresentou e nos deixou provar várias frutas que não conhecíamos. Obrigada pelo carinho Mirian!

A Yuri nos recebeu assim! Tem como não gostar desse povo?! - Mercado Paloquemao (Bogotá).

A Yuri nos recebeu assim! Tem como não gostar desse povo?! - Mercado Paloquemao (Bogotá).

Os queridíssimos Marleny e Fabio que nos acolheram em Medellin.

Os queridíssimos Marleny e Fabio que nos acolheram em Medellin.

A simpatissíssima vendedora da La Paletteria!

A simpatissíssima vendedora da La Paletteria!

O vendedor de sombreros mais legal de Cartagena! Seu ponto é em frente a Crepes & Waffles da Praça San Pedro. Comprem chapéus dele! :)

O vendedor de sombreros mais legal de Cartagena! Seu ponto é em frente a Crepes & Waffles da Praça San Pedro. Comprem chapéus dele! :)

COMIDAS E BEBIDAS

Boa parte das comidas da Colômbia lembram as do Brasil. Mas tem algumas peculiaridades que vale provar.

A tradicionalíssima BANDEJA PAISA é um prato que une o arroz com feijão, a proteína vem de um pedaço enorme de bacon (chicharon), do chorizo (espécie de linguiça), e pode ter carne desfiada,  ainda acompanha abacate, "patacones" (banana da terra assada ou frita) , ovo frito e a arepa. Como você pode perceber é um prato farto e bem calórico. É o prato símbolo da região paisa (Medellin e arredores).

PATACONES: banana da terra cortada em fatias no comprimento, geralmente frita, mas pode ser encontrada assada ou grelhada.

OBLEAS: uma espécie de waffle bem fininho. O recheio mais tradicional é o doce de leite (arequipe). Pode acompanhar muitos outros recheios e ingredientes como o queijo ralado, frutas vermelhas e que mais você optar para compor a mistureba...kkk. É bem gostoso e é uma comida de rua, vendida pelas esquinas Mais comum em Bogotá, mas encontrada em todo país.

AREPAS: são panquequinhas feitas com uma farinha especial que lembra bem a farinha de milho e vem recheada com queijo, geralmente. São redondinhas com menos de 1cm de espessura.

ARROZ DE CÔCO: como o nome sugere leva côco na preparação.

Arroz de côco, pescado a la plancha (peixe grelhado) e patacones (bananas).

Arroz de côco, pescado a la plancha (peixe grelhado) e patacones (bananas).

MANGA: encontrada em qualquer esquina que se passe, verde ou madura, acompanhada de sal e limão. Servida picada em copos descartáveis. Vale provar! Além disso, a manga verde é muito usada na preparação de molhos para carnes ou frutos do mar.

Tanto a manga quanto a banana e o côco, são vistos em todo lugar e usadas de várias formas na culinária colombiana.

Os frutos do mar são deliciosos e encontrados em quase todos os restaurantes.

LIMONADA DE CÔCO: leva creme de côco (parece um leite condensado com leve gosto de côco), leite de côco, gelo e limão. Uma delícia!

CÔCO LOCO e PIÑA COLADA: são as bebidas mais oferecidas aos turistas. Ambas levam álcool e são servidas no côco e no abacaxi, respectivamente.

CAFÉ: hoje a produção nacional de café colombiano ostenta o segundo lugar em quantidade e o primeiro lugar em qualidade mundial.

As cafeterias abrem suas portas cedo para oferecer um dos principais produtos da Colômbia, o CAFÉ, aos seus consumidores. Todos os tipos de cafés são servidos, mas o mais tradicional é o chamado ?Tinto? (infusão de café em água) se equivale ao nosso expresso. O sabor do café colombiano, não precisa nem falar que é bom demais. Não se percebe o gosto do café torrado demais, como temos por aqui.

TRÂNSITO

O trânsito em toda Colômbia é cabuloso. Infestado de motos buzinando o tempo todo para avisar que estão indo/vindo, ultrapassando ou simplesmente para cumprimentar alguém.

Como sempre optamos por alugar um carro para conhecer os lugares (onde não conseguimos já chegar com ele), e por entendermos ser a melhor forma de conhecer cada cantinho, nos embrenhamos naquela confusão motorizados. Pra ter uma ideia, mesmo com GPS, cada pouco nos metíamos em lugares não muito recomendados... Teve um dia que fomos parar dentro de uma feira de rua em Barranquilla. Não foi fácil de sair de lá, mas sobrevivemos...kkkk

Para dirigir na Colômbia basta ter a carteira de habilitação vigente e um bom GPS, que vai te salvar de muitos apertos.

As estradas no geral, são boas. No país inteiro você encontra obras de melhoramento das estradas para manter tudo funcionando direitinho. Como o país é muito montanhoso, a maioria dos trajetos é de curva seguida de curva, com muitos caminhões no trânsito. Isso faz com que a média de velocidade seja bem baixa. Exceções para as estradas que costeiam os vales de rios e as costas oceânicas, que são mais planas e as estradas são retas.

Fora das cidades há pedágios para o lado que escolher sair e custam em média R$10,00. É preciso ter cuidado, pois câmeras para controle de velocidade podem ser vistas pelo caminho (principalmente na costa Atlântica) e os limites de velocidade em geral são bem baixos. É preciso ter atenção para não levar multas.

Outra coisa importante a se observar, se você optar por usar carro para se locomover nas cidades é o chamado PICO Y PLACA, que é o rodízio de placas, como temos aqui no Brasil, em São Paulo, por exemplo. É preciso respeitar pois tem fiscalização sempre. Encontramos isso em Bogotá (das 6:30 às 8:30 e das 15h às 19:30, cada dia da semana com diferentes finais de placas), em Cartagena, Medelín, Manizales....não estava ativo em Barranquilla e Santa Marta. Nos sites dos departamentos de trânsito de cada cidade constam os horários e restrições. É melhor se informar sempre que for rodar numa cidade média/grande, pois as condições vivem mudando.

Pico Y Placa em Medellin

Pico Y Placa em Medellin

Os estacionamentos são chamados "PARQUEADEROS", a ação de estacionar = "parquear".

TRANSPORTE PÚBLICO

Costuma ser eficiente, principalmente nas maiores cidades. Bogotá é um exemplo nesse quesito e oferece à população o maior complexo de BRT´s do mundo, em extensão e em quantidade de ônibus.

Falando em ônibus, um transporte muito peculiar e tradicional na Colômbia são as "BUSETAS", isso mesmo...kkk, que são micro-ônibus e trabalham como lotações.

BRT em Bogotá em horário de pico.

BRT em Bogotá no horário de pico.

ALUGUEL DE CARRO

Sempre mais barato quando feito pela internet, mas em alguns casos é preciso ir até os escritórios (oficinas) para ajustar os locais e horários de retirada e entrega. Conforme a necessidade, o mais prático é pegar já no aeroporto e devolver no mesmo lugar.

TÁXIS

Em algumas cidades não há taxímetro, então é importante combinar o valor antes de embarcar. Em cidades turísticas e se você tiver muita cara de turista (como nós) é importante ter uma noção dos valores cobrados em cada lugar, ou você pagará valores mais altos, como é o caso de Cartagena. Ao chegarmos na cidade, sem noção alguma dos valores cobrados, o taxista do aeroporto nos cobrou COP 20 mil, quando o valor devido seria de 8 a 10.

Bogotá faz uso de taxímetro o que facilita na hora de acertar. Tome cuidado quando chegar no aeroporto pois irão te oferecer os táxis brancos que cobram uma valor bem mais alto, ou ambulantes irão te abordar oferecendo serviço de Uber dizendo ser mais em conta, o que geralmente não é verdade. O mais seguro e barato por lá é pegar os táxis amarelos mesmo.

Usamos os táxis brancos em Bogotá só para ir do hotel ao aeroporto, onde o serviço é oferecido dentro do hotel. Nesse caso o valor ficou igual ao dos táxis amarelos e ainda tem a comodidade ao carregar a bagagem no próprio hotel.

Em ambas as cidades há um grande número de táxis espalhados pela cidade. Basta você esticar o braço quando avistar algum, que se estiverem vazios param no mesmo momento e em qualquer lugar.

CLIMA

O clima é mais ameno nas montanhas e um calor de matar ao norte. Na região de Bogotá o clima se mantém em torno de 17 graus, a tarde aquece um pouco, ao amanhecer, mais frio. Sua mãe/vó estaria sempre certa em Bogotá: tenha sempre um casaquinho e um guarda-chuvas a postos, porque mesmo num lindo dia de sol de um minuto para outro o tempo vira e a chuva te pega de surpresa, pelo menos nessa época (setembro).

Na região de Cartagena pegamos temperaturas mínimas de 28 graus e máximas de 32, 33 graus. Um taxista nos falou que com essa temperatura estava fresquinho, que por lá costuma fazer em torno de 38 a 40 graus. A umidade sempre presente, não deixa as roupas secarem, mesmo com o calorão e vai, com certeza arrepiar o seu cabelo....kkk

Embora a Colômbia se situe quase inteiramente dentro da faixa tropical, o clima é diferente em cada região, de acordo com a altitude e ação dos ventos.

Entre maio e novembro é a estação chuvosa. Por isso os preços são mais atrativos e os lugares não ficam lotados, o que é ótimo. Outubro é o pior mês para visitar a Colômbia, por ser o mês que mais chove no ano, segundo as estatísticas.

Em setembro, pegamos muitos dias com sol entre nuvens. Quando chovia, eram apenas pancadas esparsas em alguns horários do dia, que vinham rapidamente e logo se dissipavam, não chegando atrapalhar, pois o tempo melhorava na sequência.

Até porque, se o sol se mantivesse direto, não seria fácil aguentar o calor. Apesar de não ser a época recomendada para se visitar a Colômbia, não nos atrapalhou em nada....a não ser por não ter aquele céu azul sempre a disposição, o que valoriza as fotos, mas nada que nos impedisse de seguir o que já havíamos planejado.

MAIS ALGUMAS INFORMAÇÕES IMPORTANTES

- Brasileiros não precisam de visto para entrar no país;

- Passaporte ou Carteira de identidade (emitida há no máximo 10 anos), são documentos aceitos para entrada no país;

- A vacina contra a FEBRE AMARELA é OBRIGATÓRIA e é preciso apresentar o Certificado Internacional de Vacinação emitido através da ANVISA (mais informações no link) e sem ela você poderá ser impedido de embarcar. Mantenha o certificado sempre junto aos seus documentos pois será solicitado com toda certeza. Agora, por a vacina ser feita uma única vez, sem precisar mais ser repetida a cada 10 anos,  a validade da carteirinha é por toda a vida, mesmo que no seu certificado esteja escrito "vencido", não terá problema, ele continuará valido;

- A moeda do país é o Peso Colombiano, identificado pela sigla COP . Leve dólares: A cotação no Aeroporto El Dorado (Bogotá) é bem parecida com as casas fora de lá...então troque tranquilamente boa parte de seus dólares na chegada. Se optar por levar reais, vai sair mais caro. Em Cartagena trocamos em casas de câmbio no centro histórico, lá encontramos grandes variações, então é importante pesquisar. Em setembro a cotação estava US$ 1 = COP 2.700;

- Tomadas: a voltagem na Colômbia é 110 volts nas instalações domésticas e 220volts nas industriais. As tomadas são, no geral, de dois pinos chatos (modelo americano). Não esqueça de levar um adaptador universal. Nos mercados também dá pra comprar adaptadores baratinhos.

- As unidades de medida são Km para distâncias, galão (3,76L) para combustível, e libras ou Kg podem ser usadas para peso.

VAMOS A PARTE CHATA

Como nem tudo são flores, precisamos contar a parte da Colômbia que não nos agradou.

Nas cidades turísticas, principalmente Cartagena e em Playa Blanca-Baru (Islas del Rosario), você vai encontrar pessoas vendendo de tudo, sombreiros (chapéus), artesanato, frutas, passeios, massagem... tudo na rua.... No primeiro dia você vai achar engraçado, mas depois começa a ficar chato, muuuuitoo chato, a ponto de irritar. Então, respire fundo e capriche no ?NO, GRACIAS?, você vai gastar a língua falando isso...kkk

Outra coisa que você vai ouvir muito é "A LA ORDEN, AMIGO/A", que é o nosso "Às ordens!" , ouvimos até um "WELCOME, PATRÓN!"...kkk. Nossa cara de gringo não ajuda muito na "camuflagem" contra os ambulantes. O jeito é levar na boa e pensar é o ganha pão deles, se não você enlouquece...

Próximo post: Bogotá.

15 - Curaçao

26 de março de 2018

Curaçao Pra encerrar os relatos sobre nossas férias em 2017, outra das Antilhas Holandesas...a famosa CURAÇAO. Uma mescla de arquitetura colonial holandesa, cultura africana, com toques espanhóis e portugueses e...
Veja mais...

14 - Aruba

24 de março de 2018

ARUBA Uma ilha caribenha ao norte da Venezuela que usa o slogan de "Ilha Feliz", precisa dizer mais alguma coisa? Um lugar maravilhoso para tirar férias, com hotéis com vista para o mar, praias tranquilas quase...
Veja mais...

13 - San Andres

13 de março de 2018

SAN ANDRES Uma ilha paradisíaca a 1:30h de avião de Cartagena, a maior a fazer parte do Arquipélago San Andrés, Providência Santa Catalina. A ilha é completa, tem um...
Veja mais...

12 - Parque Tayrona e Santa Marta

03 de março de 2018

Parque Tayrona: A natureza intocada na Colômbia Fonte: Google Nosso ponto de partida foi...
Veja mais...

11 - Playa Blanca - Isla Baru - Cartagena

18 de fevereiro de 2018

Playa Blanca - Isla Baru Apesar de Cartagena ser banhada pelo mar, as praias da cidade não são tão bonitas. Por esse motivo, um dos passeios que...
Veja mais...

10 - Cartagena das Índias

13 de fevereiro de 2018

Cartagena é um espetáculo! Não poderia começar a escrever sobre Cartagena de outra forma. A cidade é, sem dúvida alguma, um espetáculo! É muita história, é a cultura...
Veja mais...

9 - Salto de Tequendama

04 de fevereiro de 2018

Voltando de Medellín, tínhamos ainda uma manhã em Bogotá antes de pegar o vôo para Cartagena. Como devolveríamos o carro só ao meio dia no aeroporto, aproveitamos cada segundo...
Veja mais...

8 - Peñol de Guatapé e Hacienda Nápoles

28 de janeiro de 2018

De Medellín a Bogotá Destino do dia: Guatapé, a 1:30h de Medellin. *Lembrando que estamos descrevendo uma viagem realizada em Setembro/Outubro de 2017. Saímos de Medellín ainda pela manhã, pela autopista...
Veja mais...

7 - Manizales e Medellín

23 de janeiro de 2018

Caminho de Bogotá a Medellín Depois de aproveitar muito Bogotá e arredores, fazendo milhões de coisas por lá, pegamos a estrada para Medellín. No nosso roteiro inicial, programamos um giro,...
Veja mais...

6 - Catedral de Sal - Zipaquirá

01 de janeiro de 2018

CATEDRAL DE SAL Considerada a primeira maravilha da Colômbia, a Catedral de Sal de Zipaquirá é um passeio imperdível, bem...
Veja mais...

5 - Museu Botero - Bogotá

29 de outubro de 2017

MUSEU BOTERO Fernando Botero é conhecido por sua linguagem artística baseada na expansão dos volumes. Suas obras, tanto pinturas quanto esculturas são facilmente identificadas por não seguirem...
Veja mais...

4 - Mercado Paloquemao - Bogotá

28 de outubro de 2017

MERCADO PALOQUEMAO Um dos lugares mais peculiares e interessantes que visitamos em Bogotá foi o Mercado Paloquemao. Ele fica na zona oeste da cidade, mais precisamente na Calle 19, na altura da Carrera 27 (em...
Veja mais...

3 - Bogotá

24 de outubro de 2017

BOGOTÁ A surpreendente capital da Colômbia, é também a maior cidade do país, com cerca de 8,8 milhões de habitantes e se revela multicultural e cheia...
Veja mais...

1 - Colômbia, Aruba e Curaçao: lá vamos nós!

09 de setembro de 2017

E aí amigos! Temos um novo roteiro no ar. Na próxima sexta (15/09), partimos para a Colômbia (de avião, pelo menos dessa vez). Em toda a parte colombiana do roteiro, teremos mais uma vez a parceria da Lais e do Tiego. Na parte das...
Veja mais...

COPYRIGHT 2021 © Todos os direitos reservados - Desenvolvido por Orange Tecnologia para Internet