O dia foi de conhecer detalhadamente cada atração de Washington, já que no dia anterior demos só uma passada rápida para entender como tudo funcionava.

Acordamos razoavelmente cedo para os padrões de pessoas em férias...kkk. Depois do café da manhã, partimos para o centro de carro. Havia a opção de usar o transfer do hotel, mas como o hotel era em Arlington (cidade ao lado de Washington) e passaríamos o dia por lá, optamos por ir de carro, para poder nos locomover com mais facilidade pela cidade depois.

Chegando na capital, deixamos o carro estacionado na rua mesmo (com estacionamento pago), num lugar muito bonito por sinal, ao lado de um calçadão, do Rio Potomac e muito verde, bem próximo ao Lincoln Memorial.

Estávamos começando a entender como funcionavam os estacionamentos por lá. Cada lugar da cidade é de um jeito, uns tem parquímetro, outros não, uns pode estacionar só em alguns horários, ou só em algum determinado dia da semana, e assim vai. Precisamos ficar atentos às placas informativas que sempre existem, mas tem letras miúdas e várias condicionantes. Os parquímetros podem ser pagos com dinheiro, moeda ou cartão na sua maioria.

Para entender melhor Washington:

The National Mall: parque que se estende do Capitólio ao Lincoln Memorial, e onde ficam todos os monumentos emblemáticos e prédios públicos importantes. Tem 4 km de extensão e está próximo ao Rio Potomac. Abriga o Smithsonian Institute, complexo que reúne alguns dos melhores museus do mundo. São 19 no total, que somam quase 200 milhões de peças. Como 1% do acervo é exposto, o restante é guardado em gigantescos salões subterrâneos o que explica o apelido de ?porão dos EUA?. É lá que foi filmada a cena final de Indiana Jones e os Caçadores da Arca Perdida (1981). A entrada em todos os Museus é gratuita.

Depois de deixar o carro:

- Andamos até o Lincoln Memorial: construído em 1922 em homenagem ao 16º presidente americano, Abraham Lincoln. É uma construção grandiosa, com uma estátua gigante do presidente na parte interna. A vista desde o memorial é muito bonita, dá pra ver o espelho d´água e o Washington Monument dali.

Caminhamos até o Washington Monument: é um obelisco com 169 metros de altura, foi construído como um memorial a George Washington em 1885, e permaneceu como a estrutura mais alta feita pelo homem até 1889, quando a Torre Eiffel foi inaugurada. Está localizada no centro do Constitution Gardens (Parque Nacional).

Já que estávamos ali e os Museus não estavam tão longe, resolvemos deixar o carro no mesmo estacionamento seguir andando. O problema é que fazia mais de 30 graus e as distancias pra caminhar parecem bem menores do que realmente são. No fim, os pés começaram a doer...

Chegamos então ao American History Museum: pra falar bem a verdade eu não tenho muita paciência para Museus pouco interativos, eu sei que é feio, mas...kkkk...passamos rapidamente pelos andares, isso já era próximo ao meio dia, então resolvemos comer por ali mesmo, no restaurante do próprio museu, e o que eles não cobram na entrada, tiram na comida, meu Deus, muito caro! Tipo, um sanduíche R$30,00, mas quando a fome bate, a gente paga...kkk

O Museu do Ar e do Espaço (National Air and Space Museum), no quesito interatividade é incrível. Ali está o maior acervo de aviões e aeronaves espaciais do mundo. Você pode entrar nas aeronaves e entender como tudo funciona. E o próprio museu é um ícone da arquitetura moderna em Washington. Nesse link  você pode ver com detalhes o acervo do museu que inclui, por exemplo, o módulo de comando Columbia da Apollo 11, a primeira missão que levou um astronauta a lua.

Vale muito a visita!

Na saída pegamos um táxi, porque não tínhamos mais condições de caminhar. Já estava com algumas bolhas nos pés depois dos vários quilômetros percorridos... Se você não gostar muito de caminhar a opção é pegar (e pagar) pelos ônibus de turismo que levam cerca de 2h para percorrer o trajeto que passa pelos principais pontos turísticos.

Pedimos ao taxista que nos deixasse próximo ao Jefferson Memorial: em homenagem ao terceiro presidente dos EUA, o memorial tem 5,8 de altura em seu interior e guarda a estátua de bronze de Thomas Jefferson com a declaração de Independência ao fundo.

Retornamos ao lugar onde deixamos o carro e levamos um susto quando no caminho encontramos uma placa que não tínhamos visto antes... que informava que a permanência máxima era de 3h. Havíamos deixado mais de 6h, pensamos que nosso carrinho tivesse sido guinchado, mas ele ainda estava lá...uuuufa....depois dessa começamos prestar mais atenção nas placas.

Aliviados, saímos agora de carro, para mais uma volta pela cidade. Foi a vez de visitar o Capitólio, sede do congresso, com sua icônica cúpula branca. Não entramos por conta do horário (fica aberto até as 16:00h), mas ele pode ser visitado.

A próxima parada foi na Casa Branca. Esse lugar é bem diferente da imagem que vemos pela TV. Existe um gramado enorme com a Casa Branca ao fundo, protegida, é claro, por um cercamento especial, mas o clima ali é muito agradável, parece um parque, só que com a casa do Obama ao fundo...kkk... Nesse gramado pessoas praticam esportes, caminham, correm descansam, tiram fotos da Casa Branca..... Para descansar um pouco naquele final de tarde super agradável e do dia todo de caminhada, nos sentamos num dos bancos disponíveis ali e ficamos assistindo a um grupo de universitários jogando softball (versão light do baseball).

Assim que o sol foi caindo, decidimos dar mais uma passadinha no bairro Georgetown para nos despedir. E não poderíamos deixar de passar na famosa e recomendada Georgetown Cupcake (valeu Andrei!!) (Visite o site do lugar). Quando chegamos, tivemos que encarar uma fila que invadia a calçada em frente a loja...mas valeu a pena a espera. Provamos e aprovamos!!!

Depois de mais uma passeada pelo bairro e como estávamos podres de cansados, optamos por jantar na região próximo ao Hotel, em Arlington. Pelo GPS, encontramos um Applebee´s bem no caminho.

Nessa noite, no meio da janta inclusive, recebemos a notícia de que seríamos titios \o/ \o/ \o/

Voltamos, então ao hotel, cansados, felizes e com a sensação de termos vivido vários dias dentro de um só de tanta coisa boa que fizemos e vivemos!

E para finalizar nossa passagem por Washington, na manhã seguinte, visitamos a Bilblioteca do Congresso, que fica aberta de segunda a sábado das 8:30 às 17h e tem entrada gratuita. É uma visita cultural riquíssima, sem contar que a arquitetura do local te deixa de queixo caído pela beleza, riqueza e grandiosidade.

Segundo a Wikipedia: Biblioteca do Congresso possui mais de 155 milhões de itens, incluindo materiais disponíveis em 470 idiomas, configurando a maior biblioteca do mundo em espaço de armazenagem e número de livros. (para quem quiser saber um pouco mais sobre esse lugar incrível, é só acessar esse link).

Vale a pena conhecer um pouco da história desse local que surgiu após o acervo inicial ter sido incendiado e depois reposto pelo ex-presidente Thomas Jefferson, através de seu acervo pessoal, que hoje tem um espaço reservado expondo essas relíquias. O acervo da biblioteca ainda inclui a maior coleção de livros raros da América do Norte, com uma cópia da Bíbila de Gutemberg.

Site da oficial da Biblioteca: https://www.loc.gov/

Depois dessa maravilha fomos até o Museu da Espionagem (Internation Spy Museum), o único que não é gratuito, e se paga bem caro por sinal (U$23/pessoa). Lá encontramos vários itens de espionagem americana e soviética, com muitos itens e personagens do tempo da guerra fria. 2 Aston Martins dos filmes do James Bond também estão expostos por lá.

Depois da visita ao Museu, hora de se despedir de Washington, mais um lugar que vai deixar saudades e que voltaremos assim que possível.

Nosso próximo destino, Delaware, o estado sem impostos sobre consumo. Aguardem!

25 - Flórida - Miami, Key West, Sarasota

01 de agosto de 2017

Depois de New Orleans entramos na Flórida por Pensacola e passamos a noite em Panamá City, como citamos no post anterior. Dalí pegamos estradas secundárias até chegar a Suncoast Parkway, 70 km ao norte de Tampa. De Tampa...
Veja mais...

24 - Oak Alley Plantation

16 de julho de 2017

No segundo dia em New Orleans a programação foi rodar mais um pouquinho, até Vacherie a 1:20h de New Orleans, onde fica a Oak Alley Plantation. Uma das enormes fazendas dessa região. Essa é de 1836 e...
Veja mais...

23 - New Orleans

09 de julho de 2017

Passando pelo Mississippi, estado onde a música mais uma vez tem destaque na tradição local, seja pelo Blues e seus tradicionais bares ou pelo Rock, por ter sido o Estado onde Elvis Presley nasceu e...
Veja mais...

22 - Memphis

20 de junho de 2017

Rodamos mais de 1600km em dois dias, cruzando os estados de Ohio, com suas plantações de soja e milho, Kentucky, terra do KFC e das lavouras de tabaco e o Tennessee e suas muitas plantações de algodão enfeitando a beira da...
Veja mais...

21 - Nashville

29 de abril de 2017

Saímos de Cleveland (ainda surdos...kkkk), e adivinha?....isso mesmo, mais estrada! :) Andamos cerca de 800km para chegar a Nashville, cidade conhecida como "Berço do Country". E como você já deve ter percebido,...
Veja mais...

20 - Cleveland

19 de março de 2017

Nesse post falaremos sobre a nossa breve passagem por Cleveland. A cidade foi incluída no nosso roteiro meses antes da viagem, por conta do show do AC/DC, com o Axl Rose no vocal. Já que as datas da viagem e da turnê...
Veja mais...

19 - Pittsburgh

19 de fevereiro de 2017

Destino do dia: Pittsburgh, no estado da Pensilvânia, a 140km de Meadville (nossa parada da noite anterior). Programamos 2 noites em Pittsburgh para dar uma acalmada no ritmo intenso que andávamos e poder descansar um pouquinho. ...
Veja mais...

18 - As Cataratas do Niágara

12 de fevereiro de 2017

Saímos de Rochester, terra da Kodak (que domina a paisagem no distrito de High Falls, bem no centro de Rochester), pela manhã e usamos caminhos alternativos, por estradas secundárias, fugindo das Interstates...
Veja mais...

17 - Nova York - A despedida da cidade, girando pelos bairros

06 de fevereiro de 2017

A despedida da cidade :( Saiba você que visitar Nova York é sinônimo de pernas em frangalhos...kkk Nesse último dia não aguentávamos dar mais um passo sequer. Aproveitamos a manhã para descansar, organizar...
Veja mais...

16 - Nova York - Biblioteca Pública, B&H, Grand Central Terminal, Central Park

31 de janeiro de 2017

Dia daquela última girada em Nova York para marinheiros de 1ª viagem. Fomos a todos os lugares "essenciais" que ainda não tínhamos passado. Bem cedinho, pegamos o metrô até a B&H, uma loja de eletrônicos gigantesca. Tem o tipo de...
Veja mais...

15 - Nova York - Brooklyn Bridge, One World Trade Center, Wall Street, Flatiron, Empire State

20 de janeiro de 2017

Nosso terceiro dia em NY começou com o tradicional café no McDonalds (que nos salvou de tantas nessa viagem, afinal qualquer comida que não seja fast food é cara pra caramba)....
Veja mais...

14 - Nova York - Top of the Rock, St. Patrick Cathedral, Museu de História Natural

09 de janeiro de 2017

Nosso segundo dia em Nova York amanheceu lindo demais, então hora de começar o tour pela cidade. Para fazer os passeios, tínhamos a opção de comprar The New York Pass ou o City Pass (os dois mais conhecidos). Ambos oferecem...
Veja mais...

13 - Nova York - Chegada a cidade

30 de dezembro de 2016

Depois de sair do Liberty State Park e de conhecer a Estátua da Liberdade,  seguimos até a cidade de Nova York \o/. De Nova Jersey a Nova York, apesar de serem só alguns km, levamos aproximadamente 1h. Pegamos um engarrafamento...
Veja mais...

11 - Atlantic City

05 de dezembro de 2016

Considerada uma mini Las Vegas, Atlantic City é uma cidade litorânea em New Jersey, com grandes Cassinos. Nos últimos anos recebeu investimento maciço da rede hoteleira e de entretenimento para atrair mais turistas. A cidade traz...
Veja mais...

12 - Nova York - Estátua da Liberdade

13 de dezembro de 2016

Depois da passagem pelo restaurante do Bon Jovi em Red Bank (post anterior), andamos mais um pouco até chegar em Edison, ainda em Nova Jersey. Edison tem quase 100 mil habitantes e fica bem próximo a Nova York, cerca de 50 km. ...
Veja mais...

10 - Philadelphia

27 de novembro de 2016

No post anterior contamos um pouco sobre Delaware, o estado que não cobra impostos sobre compras. Saindo de lá, andamos pelo interior do estado de New Jersey, onde passamos a noite em Cherry Hill. Na manhã seguinte o destino seria a...
Veja mais...

9 - Delaware - O paraíso das compras

21 de novembro de 2016

Depois de sair de Washington, nossa próxima parada seria no estado de Delaware, um dos lugares nos Estados Unidos onde os impostos sobre compras (Sales Tax) não é cobrado. Delaware fica entre Washington e Nova York e não chega...
Veja mais...

7 - Washington - Parte I

04 de novembro de 2016

Até chegar a Washington, foram pouco mais de 1000 milhas percorridas (cerca de 1600km), desde Miami. No post anterior, falamos um pouco desse caminho. Nesse tempo ocioso do trajeto tivemos tempo de pensar em muita coisa e chegamos...
Veja mais...

6 - De Savannah a Washington

29 de outubro de 2016

Saindo de Savannah (assunto do post anterior), o nosso próximo destino seria Washington, mas para isso ainda teríamos uma paradinha no caminho. De Savannah a Washington são 970 km. Saindo da Georgia passamos pela Carolina do Sul e a...
Veja mais...

5 - Savannah - Georgia

21 de outubro de 2016

Tá, eu sei que esse post ficou enoooorme :), mas não tinha como não escrever cada detalhe da nossa passagem por essa cidade maravilhosa! Daqueles lugares que dá um aperto no peito ao ter que ir embora!! "Ganhe" um tempinho...
Veja mais...

4 - Jacksonville

12 de outubro de 2016

Passamos por essa linda cidade há aproximadamente um mês, e hoje ela está nos noticiários por um motivo diferente. A passagem do Furacão Matthew. Apesar deste fenômeno ter perdido força no caminho, ventos fortíssimos tem devastado...
Veja mais...

3 - Saint Augustine, Flórida

06 de outubro de 2016

Seguindo nosso caminho pelo litoral da Florida, chegamos a St Augustine, a cidade mais antiga dos EUA. Como citamos no post anterior, passamos a noite no Southern Oaks Inn. Antes do check out, fomos provar o café da manhã...
Veja mais...

2 - De Miami ao Cabo Canaveral

01 de outubro de 2016

Depois de uma noite muito bem dormida, era preciso acordar pra ir buscar o carro na locadora. Mas não foi fácil deixar aquele quarto incrível :) A adaptação ao fuso horário é tranquila, já que é só uma hora (a menos) de...
Veja mais...

1 - Planejamento de viagem e o voo até Miami

24 de setembro de 2016

Então uma nova jornada se inicia, com o Blog de cara nova. Esperamos que vocês gostem! Durante a semana vamos migrar todo o histórico do servidor antigo pra cá, e as outras...
Veja mais...

COPYRIGHT 2019 © Todos os direitos reservados - Desenvolvido por Orange Tecnologia para Internet