Rodamos mais de 1600km em dois dias, cruzando os estados de Ohio, com suas plantações de soja e milho, Kentucky, terra do KFC e das lavouras de tabaco e o Tennessee e suas muitas plantações de algodão enfeitando a beira da estrada.

A principal parada do dia: Memphis, a maior cidade do Tennessee. Memphis é uma cidade para os amantes da música, onde fica o Sun Studio, onde o Rock'n´roll nasceu e Graceland a casa do eterno Elvis Presley.

Memphis pode ser considerada a terra do Rei do Rock, Elvis Presley, que embora não tenha nascido ali, viveu dos 22 anos até a sua morte em 1977. E foi nessa cidade, em 1957 que no auge de seu sucesso Elvis adquiriu a mansão Graceland, onde também viveram seus pais, a mulher e a filha.

Hoje, patrimônio histórico dos EUA, a mansão é aberta à visitação, contando através de seus cômodos, a história do ídolo do rock. O interior é completamente preservado, com todos os móveis e decoração da época. Além das áreas temáticas onde está guardada toda a história musical, figurinos, e de cinema.

Ao chegar no local, um grande estacionamento (U$10), onde deixamos o carro e nos dirigimos até o local de venda de ingressos. Os preços variam de acordo com o que você optar por visitar. Nós escolhemos o ingresso que dava acesso à casa, o setor dos carros e também dos aviões. (U$47,50 - Graceland Platinum Tour + Airplanes Tour).

Depois da compra dos tickets, um microonibus nos levou até a casa que fica do outro lado da rua. Esses transportes ficam indo e vindo trazendo e levando visitantes. Ao pegar o ônibus você recebe um Ipad com um fone de ouvido que vai te guiar por toda a visita, contando a história do lugar (e por incrível que pareça, pela primeira vez, encontramos áudio em português).

Ao chegar em frente a mansão um guia dá as primeiras instruções, as portas da casa são abertas e inicia-se uma viagem, passando por todos os anos da vida de Elvis. O Ipad vai te guiando por cada um dos cômodos da casa. O acesso é liberado a todo o primeiro piso, o porão, ao escritório, à cocheira onde ficam os cavalos, o quintal, a piscina e ao jardim onde estão os túmulos de Elvis, dos pais e do irmão gêmeo que faleceu ainda durante o parto.

Ao entrar na casa, à esquerda, a sala de jantar, com a mesa posta com as louças do casamento de Elvis com Priscilla. Logo adiante a cozinha, bem moderna para a época, bem como os demais cômodos. À direita fica a sala de estar com um dos pianos de Elvis e mais ao fundo o quarto dos pais do cantor. Depois todos são direcionados ao porão, onde há uma sala de jogos, toda forrada com tecido, da parede ao teto, no áudio a explicação que conta ter levado 10 dias para a colocação do tecido plissado que cobre a sala toda. No áudio que acompanha a visita, todos os detalhes de cada local são disponibilizados, incluindo depoimentos do próprio Elvis e de Priscilla, ao ouvir as suas vozes, você é transportado para a época e estar dentro da casa do astro, ouvindo a voz dele, é emocionante.

O próximo cômodo a ser visitado é a sala de TV, onde há 3 televisores, um do lado do outro embutidos na parede. Os aparelhos foram instalados quando Elvis descobriu que o presidente Lyndon B. Jhonson (36º presidente dos EUA) assistia as três maiores redes de TV ao mesmo tempo, para se manter atualizado.

Na sequência, a Jungle Room, uma sala com decoração bem exótica, com móveis em madeira e estofados recobertos com peles fakes, uma cascata artificial e um carpete verde.

Sobe-se de volta ao primeiro piso e segue-se para fora da casa onde na parte de trás encontra-se o escritório onde toda parte burocrática da vida do cantor era resolvida e era lá também onde as cartas dos fãs eram respondidas.

Saindo do escritório já se está no quintal de onde se avista a cocheira onde até hoje tem cavalos por lá. Passando pelo quintal e seguindo um caminho cercado de plátanos, chega-se ao local onde é contada toda a história musical e de cinema vivida por Elvis, com todos os discos da carreira em ordem cronológica, prêmios recebidos, roupas....

Depois desta sala, outro ambiente com um barzinho, sofás, mais um piano, roupas exclusivas e mais discos.

E o último lugar a ser visitado é o jardim onde estão os túmulos de Elvis, dos pais, de uma irmã e um memorial ao irmão gêmeo.

Esse lugar é extremamente emocionante, estar diante do túmulo de um dos maiores ídolos da música, ter conhecido sua casa, ter ouvido sua voz, faz você se sentir mais próximo, como se a qualquer momento ele pudesse aparecer pra terminar de te contar a história da vida dele.

A morte de Elvis é relatada aos 44 anos, tendo como motivo um ataque cardíaco.

Depois disso tudo, ainda tem mais um tempinho para fotografar em frente à casa, então é só aguardar a chegada do próximo ônibus que vai te levar até o outro lado da rua onde está localizado o Museu com todos os badalados automóveis do cantor. Acoplado a esse espaço existe um Gift Shop com vários produtos personalizados a venda.

Ao sair do museu passamos por uma espécie de praça de alimentação e chegamos novamente ao setor de venda de ingressos, ponto de partida do passeio. Vale a parada na sorveteria Shake Split & Dip, ao entrar você é imediatamente transportado para os anos 50/60, a decoração é incrível, um cenário de romance de filmes antigos.

Adiante um pouco do setor de vendas de ingressos ainda se tem acesso ao local onde estão os dois aviões de Elvis, um maior e um jatinho, dá pra entrar em ambos.

O ingresso não é tão barato, mas vale cada centavo. O acervo é riquíssimo e você entrar na casa e na vida de Elvis Presley, não tem preço.

Deixando a lendária Graceland fomos passear por Memphis. A cidade é banhada pelo Rio Mississipi e faz divisa com o estado do Arkansas.

O centro de Memphis, mais especificamente a Rua Beale é abarrotada de barzinhos, lembra o estilo de Nashville com seus neons e música ao vivo, mas ao invés de Country é o Rock que impera na cidade.

Nessa rua uma simpática senhora de Oklahoma City nos parou para conversar. O marido deu uma resmungada querendo seguir caminho e ela não deu muita importância, dizendo que o que se leva da vida são as experiências. Nos perguntou várias coisas, de onde vínhamos, para onde íamos seguir...nos contou um pouco da sua jornada, tiramos uma foto juntos (nessa altura o marido já estava interagindo e gostando da conversa...kkk) e cada um seguiu seu caminho. Nunca mais a veremos provavelmente, mas sempre lembraremos de sua simpatia. Realmente, dessas coisas é feita a vida! Ela tinha razão!

Visitamos ainda um local historicamente importante, o Motel Lorraine, hoje transformado no National Civil Rights Museum (Movimento pelos Direitos Civis nos EUA) marco na igualdade racial), onde em 1968, no quarto 306, foi assassinado o pastor protestante e líder negro Martin Lutter King Jr. Não conseguimos entrar por causa do horário, já era final de tarde.

Passamos também pela fábrica da Gibson, a fábrica de guitarras que faz ainda hoje, artesanalmente, parte dos instrumentos. Para quem conseguir chegar no horário de visitação, existe um tour de 45min para conhecer o local.

A cidade ainda é sede do Sun Studio, onde Elvis, até então cantor de Blues, teria influenciado na origem do Rock´n'roll. Lá ele gravou uma faixa com ajustes feitos pelo fundador do Stúdio Sam Philips, que achou que ficava mais interessante gravar a banda de Western Swing com um pouco mais de eco e distorção, o que teria contribuído para o surgimento do Rock. No mesmo Studio gravaram Jerry Lewis, Carl Perkins, Johnny Cash...

Também não conseguimos entrar pelo horário, mas vale a dica pra quem quiser conhecer, é aberto à visitação.

A noitinha pegamos a estrada novamente, para mais 330km até Jackson, capital do Mississipi. Na bagagem boas lembranças, muita história e a vontade de voltar e ficar mais um pouquinho nessa cidade incrível!

25 - Flórida - Miami, Key West, Sarasota

01 de agosto de 2017

Depois de New Orleans entramos na Flórida por Pensacola e passamos a noite em Panamá City, como citamos no post anterior. Dalí pegamos estradas secundárias até chegar a Suncoast Parkway, 70 km ao norte de Tampa. De Tampa...
Veja mais...

24 - Oak Alley Plantation

16 de julho de 2017

No segundo dia em New Orleans a programação foi rodar mais um pouquinho, até Vacherie a 1:20h de New Orleans, onde fica a Oak Alley Plantation. Uma das enormes fazendas dessa região. Essa é de 1836 e...
Veja mais...

23 - New Orleans

09 de julho de 2017

Passando pelo Mississippi, estado onde a música mais uma vez tem destaque na tradição local, seja pelo Blues e seus tradicionais bares ou pelo Rock, por ter sido o Estado onde Elvis Presley nasceu e...
Veja mais...

21 - Nashville

29 de abril de 2017

Saímos de Cleveland (ainda surdos...kkkk), e adivinha?....isso mesmo, mais estrada! :) Andamos cerca de 800km para chegar a Nashville, cidade conhecida como "Berço do Country". E como você já deve ter percebido,...
Veja mais...

20 - Cleveland

19 de março de 2017

Nesse post falaremos sobre a nossa breve passagem por Cleveland. A cidade foi incluída no nosso roteiro meses antes da viagem, por conta do show do AC/DC, com o Axl Rose no vocal. Já que as datas da viagem e da turnê...
Veja mais...

19 - Pittsburgh

19 de fevereiro de 2017

Destino do dia: Pittsburgh, no estado da Pensilvânia, a 140km de Meadville (nossa parada da noite anterior). Programamos 2 noites em Pittsburgh para dar uma acalmada no ritmo intenso que andávamos e poder descansar um pouquinho. ...
Veja mais...

18 - As Cataratas do Niágara

12 de fevereiro de 2017

Saímos de Rochester, terra da Kodak (que domina a paisagem no distrito de High Falls, bem no centro de Rochester), pela manhã e usamos caminhos alternativos, por estradas secundárias, fugindo das Interstates...
Veja mais...

17 - Nova York - A despedida da cidade, girando pelos bairros

06 de fevereiro de 2017

A despedida da cidade :( Saiba você que visitar Nova York é sinônimo de pernas em frangalhos...kkk Nesse último dia não aguentávamos dar mais um passo sequer. Aproveitamos a manhã para descansar, organizar...
Veja mais...

16 - Nova York - Biblioteca Pública, B&H, Grand Central Terminal, Central Park

31 de janeiro de 2017

Dia daquela última girada em Nova York para marinheiros de 1ª viagem. Fomos a todos os lugares "essenciais" que ainda não tínhamos passado. Bem cedinho, pegamos o metrô até a B&H, uma loja de eletrônicos gigantesca. Tem o tipo de...
Veja mais...

15 - Nova York - Brooklyn Bridge, One World Trade Center, Wall Street, Flatiron, Empire State

20 de janeiro de 2017

Nosso terceiro dia em NY começou com o tradicional café no McDonalds (que nos salvou de tantas nessa viagem, afinal qualquer comida que não seja fast food é cara pra caramba)....
Veja mais...

14 - Nova York - Top of the Rock, St. Patrick Cathedral, Museu de História Natural

09 de janeiro de 2017

Nosso segundo dia em Nova York amanheceu lindo demais, então hora de começar o tour pela cidade. Para fazer os passeios, tínhamos a opção de comprar The New York Pass ou o City Pass (os dois mais conhecidos). Ambos oferecem...
Veja mais...

13 - Nova York - Chegada a cidade

30 de dezembro de 2016

Depois de sair do Liberty State Park e de conhecer a Estátua da Liberdade,  seguimos até a cidade de Nova York \o/. De Nova Jersey a Nova York, apesar de serem só alguns km, levamos aproximadamente 1h. Pegamos um engarrafamento...
Veja mais...

11 - Atlantic City

05 de dezembro de 2016

Considerada uma mini Las Vegas, Atlantic City é uma cidade litorânea em New Jersey, com grandes Cassinos. Nos últimos anos recebeu investimento maciço da rede hoteleira e de entretenimento para atrair mais turistas. A cidade traz...
Veja mais...

12 - Nova York - Estátua da Liberdade

13 de dezembro de 2016

Depois da passagem pelo restaurante do Bon Jovi em Red Bank (post anterior), andamos mais um pouco até chegar em Edison, ainda em Nova Jersey. Edison tem quase 100 mil habitantes e fica bem próximo a Nova York, cerca de 50 km. ...
Veja mais...

10 - Philadelphia

27 de novembro de 2016

No post anterior contamos um pouco sobre Delaware, o estado que não cobra impostos sobre compras. Saindo de lá, andamos pelo interior do estado de New Jersey, onde passamos a noite em Cherry Hill. Na manhã seguinte o destino seria a...
Veja mais...

9 - Delaware - O paraíso das compras

21 de novembro de 2016

Depois de sair de Washington, nossa próxima parada seria no estado de Delaware, um dos lugares nos Estados Unidos onde os impostos sobre compras (Sales Tax) não é cobrado. Delaware fica entre Washington e Nova York e não chega...
Veja mais...

8 - Washington - Parte II

14 de novembro de 2016

O dia foi de conhecer detalhadamente cada atração de Washington, já que no dia anterior demos só uma passada rápida para entender como tudo funcionava. Acordamos razoavelmente cedo para os padrões de pessoas em férias...kkk. Depois...
Veja mais...

7 - Washington - Parte I

04 de novembro de 2016

Até chegar a Washington, foram pouco mais de 1000 milhas percorridas (cerca de 1600km), desde Miami. No post anterior, falamos um pouco desse caminho. Nesse tempo ocioso do trajeto tivemos tempo de pensar em muita coisa e chegamos...
Veja mais...

6 - De Savannah a Washington

29 de outubro de 2016

Saindo de Savannah (assunto do post anterior), o nosso próximo destino seria Washington, mas para isso ainda teríamos uma paradinha no caminho. De Savannah a Washington são 970 km. Saindo da Georgia passamos pela Carolina do Sul e a...
Veja mais...

5 - Savannah - Georgia

21 de outubro de 2016

Tá, eu sei que esse post ficou enoooorme :), mas não tinha como não escrever cada detalhe da nossa passagem por essa cidade maravilhosa! Daqueles lugares que dá um aperto no peito ao ter que ir embora!! "Ganhe" um tempinho...
Veja mais...

4 - Jacksonville

12 de outubro de 2016

Passamos por essa linda cidade há aproximadamente um mês, e hoje ela está nos noticiários por um motivo diferente. A passagem do Furacão Matthew. Apesar deste fenômeno ter perdido força no caminho, ventos fortíssimos tem devastado...
Veja mais...

3 - Saint Augustine, Flórida

06 de outubro de 2016

Seguindo nosso caminho pelo litoral da Florida, chegamos a St Augustine, a cidade mais antiga dos EUA. Como citamos no post anterior, passamos a noite no Southern Oaks Inn. Antes do check out, fomos provar o café da manhã...
Veja mais...

2 - De Miami ao Cabo Canaveral

01 de outubro de 2016

Depois de uma noite muito bem dormida, era preciso acordar pra ir buscar o carro na locadora. Mas não foi fácil deixar aquele quarto incrível :) A adaptação ao fuso horário é tranquila, já que é só uma hora (a menos) de...
Veja mais...

1 - Planejamento de viagem e o voo até Miami

24 de setembro de 2016

Então uma nova jornada se inicia, com o Blog de cara nova. Esperamos que vocês gostem! Durante a semana vamos migrar todo o histórico do servidor antigo pra cá, e as outras...
Veja mais...

COPYRIGHT 2021 © Todos os direitos reservados - Desenvolvido por Orange Tecnologia para Internet