Falo com toda certeza desse mundo que não queríamos ir embora de Kyoto. Que experiência, meu povo!

Mas precisávamos seguir para o próximo destino, Himeji, pra conhecer um dos castelos mais famosos do Japão que leva o mesmo nome da cidade.

Pegamos um trem bala na Estação Central de Kyoto até Osaka e de Osaka, outro trem bala até Himeji. Da estação central dá pra ir a pé até o Castelo. É só seguir pela avenida principal e o castelo já pode ser visto da estação mesmo. É só andar em torno de 15 a 20min.

Tá vendo o Castelo Himeji lá no finalzinho da avenida? Aproveite pra olhar que rua suja, desalinhada, mal cuidada... ;)

Tá vendo o Castelo Himeji lá no finalzinho da avenida? Aproveite pra olhar que rua suja, desalinhada, mal cuidada... ;)

Declarado Patrimônio Cultural e Histórico da Humanidade pela Unesco desde 1993 o Castelo de Himeji começou a ser construído como um forte em 1333 por Norimura Akamatsu, antigo governador da região, então chamada de Harima. Em 1346, uma pequena construção em madeira em forma de castelo foi erguida por Sadanori Akamatsu. Essa construção que posteriormente foi revestida de alvenaria, durou 230 anos.

Depois disso muitas reformas foram feitas no Castelo até ele se tornar o que é hoje.

Apelidado de "Garça Branca" por causa da alvenaria branca que recobre a madeira interna além do aspecto branco, aumentou a espessura das paredes e modernizou o castelo o tornando resistente a ataques com armas de fogo.

Ao redor do castelo em si, uma rede de caminhos cheios de degraus, murados e tortuosos e com vários portões e torres, formam um longo labirinto onde até hoje visitantes se perdem. Por fim, toda a área é rodeada por um muro e um fosso externo, havendo uma só passagem para entrar ou sair do complexo.

O interior do castelo pode ser visitado, basta adquirir o ingresso na bilheteria no local e a entrada é permitida até às 16h.

Esse foi um dos poucos castelos que não teve sua estrutura destruída, sobreviveu a tomadas de poder, batalhas e até a segunda guerra, sendo hoje um ícone do país.

Himeji geralmente é passagem para quem vai conhecer Hiroshima.

Não sentimos necessidade de pernoitar na cidade, já que a principal atração do lugar é o castelo, então optamos por voltar e conhecer um pouco mais de Osaka.

Osaka é a terceira maior cidade do Japão, atrás somente de Yokohama e da capital Tóquio. Com quase 3 milhões de habitantes, não precisa dizer que tem muitas pessoas por qualquer lugar que se ande, mas com a organização tradicional japonesa, isso não chega a atrapalhar. Apesar do pouco tempo que passamos por lá, gostamos muito de conhecer a cidade.

Chegando de volta a Osaka fizemos pequenas paradas pelos lugares interessantes que fomos encontrando pelo caminho.

Visitamos algumas lojas de videogames retrô, e num deles nos divertimos muito assistindo o pessoal guiar um trem que simulava uma cabine em tamanho real, com uniforme, kep e apito. A cada lugar que se visita, uma surpresa diferente.

De volta a rua nos deparamos sem querer com uma das coisas que queríamos muito encontrar no Japão, os famosos cheesecakes japoneses. Comemos um inteiro...kkk. Acompanhamos desde o preparo até a hora de ir para o forno...bom demais!

Dali seguimos para a principal atração a Dotonbori, tipo a Times Square japonesa. O bairro de Dotonbori localiza-se no conjunto de ruas situadas entre Nihonbashi e Daikokubashi. O Glico-Neon, o Kani-doraku-honten, e o Tsuboraya, são alguns dos edifícios mais famosos deste bairro.

O rio Dotonbori corta o bairro e completa a paisagem. É possível fazer passeios de barco por suas águas.

Devido à grande quantidade de restaurantes e bares que lá existem, o Dotonbori é conhecido como a "cidade da comida".

Ficamos até tarde andando por Osaka, depois de muito caminhar encontramos uma delícia de restaurante que ficava num edifício bem próximo ao canal, um tanto escondido e como tanto o nome do restaurante, quanto o menu eram em japonês, acabamos não guardando o nome, mas deixo as fotos para que entendam o que estou falando.

Osaka é muito simpática, e vale ser incluída em qualquer roteiro pelo Japão.

Já bem cansados, pegamos o trem de volta para Kyoto só para dormir. No dia seguinte o destino seria Kanazawa.

________________________________________________________________________________________________________________________________

--->>>Não esqueça de curtir o post e de deixar o seu comentário, isso dá vida ao blog e nos orienta quanto as suas preferências.

*** Se quiser nos ajudar e ainda ganhar um belo desconto nas suas hospedagens, clique nos links e reserve através do Booking.com ou pelo Airbnb.

--------->>> BOOKING.COM

--------->>> AIRBNB

*** Sigam nossas redes sociais para acompanhar as novidades! Facebook / Instagram

________________________________________________________________________________________________________________________________

12 - Kanazawa

10 de junho de 2019

Depois de conhecer a região de Quioto e arredores, nosso plano inicial era seguir para a região de Hiroshima, no sul da ilha de Honshu. Tínhamos programado 3 dias para a ida e volta até...
Veja mais...

10 - Kyoto IV

05 de março de 2019

Sétimo dia no Japão, quarto em Kyoto. Como já comentamos em outros posts, usamos muito os ônibus urbanos em Kyoto por ser a forma mais prática de transporte. O Importante é...
Veja mais...

9 - Kyoto III

02 de dezembro de 2018

Sexto dia no Japão, terceiro dia em Kyoto. Iniciamos o dia muito bem, errando a parada do trem !! kkk A intenção era chegar na Floresta de Bambu de Arashiyama, então saímos da...
Veja mais...

8 - Kyoto II

02 de outubro de 2018

Quinto dia no Japão, segundo em Kyoto. Nosso roteiro do dia foi um tanto conturbado pois algumas coisas que tínhamos programado...
Veja mais...

7 - Kyoto I

04 de agosto de 2018

No nosso quarto dia no Japão, seguimos para Kyoto, antiga capital Imperial do país, substituída por Tóquio em 1868. Além disso, Kyoto é a cidade das Gueixas e...
Veja mais...

6 - Tóquio III

30 de julho de 2018

Tóquio III No nosso terceiro dia em Tóquio optamos por conhecer a redondezas do Palácio Imperial. Para isso pegamos um metrô na estação ao lado do nosso Hotel e...
Veja mais...

5 - Tóquio II

22 de julho de 2018

Iniciamos nosso segundo dia em Tóquio tentado entender o funcionamento do metrô. Confesso que deu um certo pânico ao olhar o mapa das linhas e a primeira impressão é de que você nunca vai se achar naquele...
Veja mais...

4 - Tóquio

02 de julho de 2018

Tóquio foi a nossa porta de entrada para o Japão. Esse país com tantos contrapontos, que une o antigo com o novo, o conservador com o moderno, os templos milenares aos prédios tecnológicos atuais. E...
Veja mais...

3 - Tudo o que você precisa saber para visitar o Japão

11 de junho de 2018

O Japão tem como principal característica a numerosa população comparada a extensão territorial. Dessa forma você vai perceber que o país tem muitas regras e a maioria delas são sobre civilidade, viver em...
Veja mais...

2 - Roteiro de 20 dias pelo Japão

27 de maio de 2018

. Planejar uma viagem para o Japão não é nada fácil. A diversidade geográfica, cultural e as peculiaridades desse país tornam a pesquisa e...
Veja mais...

1 - Japão - Planejamento de Viagem

13 de maio de 2018

PLANEJAMENTO DE VIAGEM Quem nos acompanha no Facebook/Instagram já sabe, e quem tem o primeiro contato com a gente pelo site, fica sabendo agora: Acabamos de voltar do Japão. Estivemos na Terra do Sol Nascente...
Veja mais...

COPYRIGHT 2019 © Todos os direitos reservados - Desenvolvido por Orange Tecnologia para Internet